quarta-feira, junho 09, 2004

Alô, Sumaré, alô, Embratel, alô Intelsat 3...

Às vésperas do meu aniversário resolvi escrever um pouco sobre um período já um tanto remoto: a minha infância (por ironia, nessa época ainda não havia controle remoto por aqui...).Quando eu ainda era pequeno,lá pelos idos de 1978, o meu programa favorito era o Clube do Capitão Aza, exibido nas tardes de segunda a sexta na extinta TV Tupi.
As primeiras lembranças que me vêm à cabeça são as do Wilson Vianna (verdadeiro nome do apresentador que iniciava seu programa com a chamada acima) anunciando com seu microfone cheio de luzes os desenhos desanimados do Thor, Hulk, Namor etc. e as séries do Ultraman, Ultraseven (o meu herói preferido), Robô Gigante, Vingadores do Espaço (eu morria de medo da cara feia do vilão).
Aquela foi, para mim, uma fase verdadeiramente mágica (apesar de serem tempos de regime militar), pois a programação infanto-juvenil ocupava muito mais espaço do que hoje em dia e havia mais qualidade também. Sítio do Pica-Pau Amarelo, Plim-Plim - O Mágico do Papel (que ensinava a fazer origami), Globo Cor Especial, Vila Sésamo, O Clube do Mickey, Daniel Azulay e muitas outras atrações garantiam a diversão da criançada e também faziam aprender.
Com o passar do tempo, a Tv Tupi saiu do ar (e com ela o Clube do Capitão Aza), tomou seu lugar a antiga TVS e mais tarde a Manchete (onde surgiu um loira que ditaria o conceito de programa infantil dali por diante).Mas essa é uma outra história...