quarta-feira, julho 07, 2004

Roots, Bloody Roots!

Finalizando a breve descrição dos tipos femininos, temos aqui um belo exemplar de mulher que gosta de criar raízes! Muito apegada aos bens terrenos e à tradição familiar, ela tem a qualidade de lutar pela preservação da natureza. Mas, cuidado com o que diz! Ela é muito sensível a certas conversas, tais como: " É preciso cortar o mal pela raiz!" ou "Hoje à noite, eu vou incendiar você!" e coisas do gênero. É de bom tom saber cultivar um relacionamento longe de intempéries...Quem for tatuá-la, deve usar uma talhadeira. Para cirurgias plásticas, chame um bom carpinteiro! Mas isso ainda vai demorar uns 200 anos!!!

"Benzinho, veja só o pica-pau que eu acabei de encontrar, perdido e faminto, coitadinho ..."