quinta-feira, agosto 05, 2004

A Fantástica Fábrica de Chocolate

Para desopilar o fígado, só mesmo relembrando este filme clássico da Sessão da Tarde! Quem não conhece a história do menino Charlie, que sonha em dar uma vida melhor para a mãe e os avós e, de quebra, achar o cupom dourado que o levará à maravilhosa fábrica de chocolates do Sr. Willie Wonka? O filme é repleto de tipos engraçados e memoráveis canções e cenas. Com uma boa dose de humor-negro, tanto as crianças quanto os adultos são mostrados com suas manias e neuroses: desde o menino comilão até a filhinha de papai, que obriga o seu velho a mandar os funcionários a abrirem todas as barras de chocolate em busca do cupom, passando pelos impagáveis anões Umpa-Lumpas que a toda hora cantam aquela musiquinha (Dumpa, dumpa, dumpa-di-di...)!!!
Lembro de me emocionar em certas cenas, como quando Joe, o avô do garoto , diz: "Você tem mais chances... Por que você quer mais que qualquer um!!" Ou então, quando Wonka pergunta: "Sabe o que aconteceu com um homem que finalmente conseguiu tudo o que sempre quis?" (num tom de suspense)... para em seguida responder sorrindo "Ele viveu feliz para sempre!!"
Sem esconder uma forte crítica social, com direito a moral da história - Charlie quase perde tudo ao reter uma das guloseimas secretas consigo, mas se arrepende a tempo- é um filme que, apesar das inúmeras reprises ao longo dos anos (o filme é de 71), mantém o seu encanto.


Esse Umpa-Lumpa embaixo à direita não parece com o Michael?