domingo, agosto 15, 2004

Uma Estranha Realidade

Carlos Castañeda era um antropólogo de origem discutida (não se sabia se era peruano, brasileiro ou americano - uma das características de um feiticeiro é apagar sua história pessoal ). O fato é que ele escreveu menos de uma dezena de livros contando sobre a sua experiência no campo do xamanismo, que lhe renderam sucesso mundial. Os livros, escritos na primeira pessoa, como um diário, narram seu aprendizado com o feiticeiro Dom Juan (nome fictício), um índio Iaqui que lhe dá as coordenadas para romper com a sua velha visão do mundo e penetrar num universo fantástico (mas, aparentemente, tão real quanto o nosso). Parar o diálogo interno, conhecer o Nagual e o Tonal, aprender a arte da Espreita, entre outras coisas, fazem parte do Caminho do Guerreiro e são alguns dos conceitos que "A Erva Do Diabo" e os escritos subseqüentes trazem.
Durante toda a leitura da obra de Castañeda, você se pergunta se aquilo aconteceu mesmo ou é fruto de uma mente muito fértil. Encontros com seres invisíveis, sobrenaturais, experiências de voar nas asas do Intento, contatos com formas de energias dignas de um "Além da Imaginação", tudo leva a crer nesta última alternativa. Mas, é aí que está a graça da coisa na minha opinião. Nossa mente ocidental cético-cristã, normalmente se recusa a aceitar o Místico ao seu redor, a magia em todas as coisas.
Mas, não dá pra deixar de achar fabulosa a idéia que permeia toda a obra do enigmático escritor: O mundo é energia aglutinada e os Homens (e Mulheres) de Conhecimento (feiticeiros) têm a capacidade, após seguirem determinados passos, de visualizar, manipular e até mesmo modificar as energias que constroem o chamado "Mundo Real". Nesse sentido, a realidade que enxergamos é exatamente aquilo que nós projetamos com o acúmulo da energia de toda a humanidade!
Isso vai sendo esclarecido ao longo da trajetória de Carlos nos estudos das ervas (inicialmente), objetos de poder etc. até o ápice em "A Arte do Sonhar", onde ele acaba visitando um mundo totalmente criado pela feitiçaria e que quase o esmaga por completo!
Mas, não vou estragar as surpresas da eventual leitura dos livros deste ótimo autor. Deixo aqui registrado apenas, o prazer que tive em descobrir esse extraordinário universo e que, no mínimo, conduz à reflexão do que somos e qual nosso propósito nessa esfera planetária!!

Aceitar o Inexplicável em nossas vidas é uma das tarefas de um verdadeiro Guerreiro para, então, Transcender as portas que nos separam de ... ?