quarta-feira, setembro 01, 2004

Em vez de... diga...

Alguns anos atrás, surgiu essa coisa de se evitar o uso de termos eventualmente ofensivos com relação a situações e pessoas. Indivíduos de cor negra passaram a ser chamadas de afro-americanos , favela virou comunidade carente, as feinhas viraram simpáticas. A coisa toda acabou tornando-se uma das neuroses de nosso tempo e, em muitos casos, mostrou-se uma tentativa patética de esconder os preconceitos enraizados em nossa sociedade. Pensando nisso, 2 caras resolveram quebrar aquele clima chato (ou desprovido de encanto) e criaram o divertido Dicionário do Politicamente Correto. Eis alguns trechos selecionados :
********
Assassino serial - Indivíduo com necessidades difíceis de satisfazer.
Aulas de Recuperação - Seminário de preparação avançada.
Bêbado - Quimicamente alterado. Privado de sobriedade. Ex: "Estou quimicamente alterado como um gambá!".
Burro - Pessoa que possui uma lógica muito particular.
Careca- Pessoa com proposta capilar alternativa.
Chato -Pessoa interessante de forma diferente ; desprovido de encantos de personalidade.
Cela - Suíte de custódia.
Camelô - Empresário desprovido de estabelecimento; comerciante com escritório ao ar livre.
Dependência de Drogas - Preferência farmacológica.
Desonesto - Eticamente desorientado. Ex: " Atenção, indivíduos eticamente desorientados e com preferência farmacológica: ESTE CARRO NÂO POSSUI RÁDIO", dizia o aviso na janela.
Desorganizado - Pessoa com senso de organização não-tradicional.
Errado - Dotado de uma lógica especial.
Estrangeiro ilegal - Residente não-documentado.
Feio - Cosmeticamente diferente.
Fracassado- Indivíduo não completamente bem-sucedido; alguém com objetivos temporariamente não-alcançados.
Gastador - Poupador negativo.
Gigolô - Indivíduo com cargo administrativo no ramo da força de trabalho sexual.
Incompetente - Indivíduo diferentemente qualificado.
Ladrão de Loja - Comprador não-tradicional.
Lavador de Carros - Especialista em aparência de veículos.
Masturbação - Auto-ajuda.
Mendigar - Solicitação casual de fontes informais de financiamento temporário para um programa pessoal de recuperação econômica.
Namorada- Trabalhadora sexual não-remunerada.
Pior - Menos melhor.
Preguiçoso - Desmotivado; indivíduo acometido de torpor.
Quebra na Bolsa de Valores - Recuo nos lucros.
Suruba - Poligamia consensual.
Tortura - Terapia da aversão.
Vagabundo - Membro da sociedade não-orientado para um objetivo.
Vivo - Temporariamente em boas condições metabólicas.
Zelador - Higienizador de ambiente.