quinta-feira, março 31, 2005

Buscando o equilíbrio

Não precisa nem falar. Nos dias de hoje essa coisa que chamamos de equilíbrio parece cada vez mais distante. É só olhar ao redor e perceber que há muito caos no meio de tanta desordem...
Entendo o "estresse" da Engraçadinha com relação a esse monte de coisas absurdas que fazemos e/ ou enfrentamos em nossa vida cotidiana. Tem horas que a gente manda parar o mundo e questiona: onde é que essa porra vai chegar?
Bom, sou da teoria de que estamos nesta esfera (a 3ª grande rocha depois do Sol) não a passeio (como já dizia o Leo Jaime) mas para evoluir sempre. E, cara, evoluir é difícil pra cacete!
Você tenta ser uma pessoa legal e, muitas vezes, só se fode (os escorpiões estão em plena atividade em toda parte), você constrói seu caminho sem querer passar por cima de ninguém e vem um colega e te puxa o tapete e por aí vai. Mas , se a sua cabeça estiver mais ou menos numa boa, isso não muda a sua natureza.
O fato é que a vida da gente é feita de pequenas vitórias e derrotas diárias, creio que sempre para o bem pois, mesmo os obstáculos são oportunidades de crescimento.
No momento, em meio a tanta correria, estou procurando aproveitar cada segundo de felicidade que o dia me oferece. Afinal, momentos felizes podem ser bem raros se comparados aos não tão felizes.
O lance pra mim , é não esperar sempre por um dia perfeito, mas poder tirar aquilo que de melhor ele nos deu e o retorno que demos também.
Fico feliz pela Bruna em sua hora gloriosa e por todos vocês que, dando-se conta ou não, têm toda a sorte do mundo à sua frente (se forem olhar pelo lado do copo cheio pela metade).
Um forte abraço a todos e um dia cheio de alegrias, evolução em todas as áreas, sentido e, principalmente, equilíbrio para todos!