quinta-feira, maio 26, 2005

A Ilha das Flores é logo ali

Aproveitando essa história de porco, não sei se vocês já assistiram a um curta-metragem chamado Ilha das Flores. É um trabalho de 1989, sendo o curta mais premiado de todos os tempos!
Eu o assisti há muitos anos no cinema, na época em que exibiam curtas brasileiros antes de cada filme e fiquei imediatamente fascinado pela narrativa superinteligente e bem-humorada. Usando de um tom quase o tempo todo cômico, pra chegar a um tema bastante sério e chocante, que é o fato de que há pessoas se alimentando de lixo por esse mundo afora; o roteiro chega mesmo a ser brilhante.
A seguir, um resumo pra vocês da história. Não é preciso ler tudo ,qualquer trecho já rende uma reflexão e até mais que isso :


- Estamos em Belém Novo, município de Porto Alegre, estado do Rio Grande do Sul, no extremo sul do Brasil, mais precisamente na latitude trinta graus, doze minutos e trinta segundos Sul e longitude cinquenta e um graus, onze minutos e vinte e três segundos Oeste.

- Caminhamos neste momento numa plantação de tomates e podemos ver à frente, em pé, um ser humano, no caso, um japonês.

- Os japoneses se distinguem dos demais seres humanos pelo formato dos olhos, por seus cabelos pretos e por seus nomes característicos.

- O japonês em questão chama‑se / Suzuki.

- Os seres humanos são animais mamíferos, bípedes, que se distinguem dos outros mamíferos, como a baleia, ou bípedes, como a galinha, principalmente por duas características: o telencéfalo altamente desenvolvido e o polegar opositor.

- O telencéfalo altamente desenvolvido permite aos seres humanos armazenar informações, relacioná‑las, processá‑las e entendê‑las.

- O polegar opositor permite aos seres humanos o movimento de pinça dos dedos o que, por sua vez, permite a manipulação de precisão.

- O telencéfalo altamente desenvolvido, combinado com a capacidade de fazer o movimento de pinça com os dedos, deu ao ser humano a possibilidade de realizar um sem número de melhoramentos em seu planeta, entre eles, cultivar tomates.

- O tomate, ao contrário da baleia, da galinha e dos japoneses, é um vegetal.

- Um destes tomates, que segundo o julgamento de dona Anete, não tinha condições de virar molho, foi colocado no lixo.

- Lixo é tudo aquilo que é produzido pelos seres humanos, numa conjugação de esforços do telencéfalo altamente desenvolvido com o polegar opositor, e que, segundo o julgamento de um determinado ser humano, não tem condições de virar molho.

- Uma cidade como Porto Alegre, habitada por mais de um milhão de seres humanos, produz cerca de quinhentas toneladas de lixo por dia.

- O lixo atrai todos os tipos de germes e bactérias que, por sua vez, causam doenças. As doenças prejudicam seriamente o bom funcionamento dos seres humanos.

- Mesmo quando não provoca doenças, o aspecto e o aroma do lixo são extremamente desagradáveis.

- Por isso, o lixo é levado para determinados lugares, bem longe, onde possa, livremente, sujar, cheirar mal e atrair doenças.

- Em Porto Alegre, um dos lugares escolhidos para que o lixo cheire mal e atraia doenças chama‑se Ilha das Flores.

- Os empregados do dono do porco estipularam que cada grupo de dez seres humanos tem cinco minutos para permanecer do lado de dentro da cerca recolhendo materiais de origem orgânica, como tomates e provas de história.

- O tomate / plantado pelo senhor Suzuki, / trocado por dinheiro com o supermercado, / trocado pelo dinheiro que dona Anete trocou por perfumes extraídos das flores, / recusado para o molho do porco, / jogado no lixo / e recusado pelos porcos como alimento / está agora disponível para os seres humanos da Ilha das Flores.

- O que coloca os seres humanos da Ilha das Flores depois dos porcos na prioridade de escolha de alimentos é o fato de não terem dinheiro nem dono.

- O ser humano se diferencia dos outros animais pelo telencéfalo altamente desenvolvido, pelo polegar opositor e por ser livre.

- Livre é o estado daquele que tem liberdade.

- Liberdade é uma palavra que o sonho humano alimenta, que não há ninguém que explique e ninguém que não entenda.

Essa última frase, em tal contexto é muito, muito PHoda !

Assistam a este totalmente excelente curta aqui !!!