terça-feira, julho 12, 2005

Resíduos do vendaval

Esta semana obtive, finalmente a confirmação daquilo que já imaginava... De que aquela rasteira que levei faz alguns meses foi completa, e não só em alguns aspectos. Além da decepção de perder uma grande amizade (que, na verdade, nem deve ter sido) descobri que foram ditas mentiras, as quais vieram à tona recentemente. Estas, me foram jogadas na cara , passadas como verdades, e que me fizeram sentir abaixo de sub-nitrato de pó de merda.
Mas o mundo dá voltas e hoje percebo que, de fato, se há pessoas em quem posso confiar, só posso apontá-las no final do caminho. Que confiança é como andar de olhos vendados por uma ponte sobre o abismo em meio a densa neblina...
E que poderia escrever um livro sobre tudo isso, mas, essa pessoa não merecia nem mesmo um telegrama escrito PT saudações !!!