terça-feira, setembro 27, 2005

I know what I like... beyond the show !

Dando continuidade aos comentários do post anterior (que gerou os seguintes questionamentos):
(Michael)- "Para mim tocar em banda cover é destruir um talento belo que é saber tocar um instrumento.
Não importa o quanto um musico saiba tocar ou não, acho muito mais poetico ele criar uma musica a ficar gozar com o pau dos outros."
Nosso amigo Filipensses resumiu a coisa toda de forma precisa e primorosa:
(Filipensses)- "Michael, segundo vc então a Orquestra Sinfônica de Viena deve ser uma merda porque eles tocam Beethoven e Mozart ao invés de "músicas próprias". Um violinista que toca os 24 caprichos de Paganini é um desperdício pq não compõe? Quer dizer que o talento do intérprete não vale nada, só o do compositor?"
Isso da reprodução de uma obra serve para quase tudo que é artístico (quadrinhos, cinema, teatro etc.) e me faz lembrar a piada daquela banda que não tocava as suas músicas antigas (que o público aguardava mais ansiosamente) para não parecer uma banda que fazia cover de si mesma...
E só pra finalizar, não estamos falando de David Cover-dele-mesmo (rsrs) o Musical Box irá reproduzir um show que, de outra forma, nós certamente jamais veríamos, pois o Genesis há muito virou uma banda comercial e se distanciou daquele Rock Art que caracterizou o início da sua carreira. O curioso nisso tudo é que até os próprios integrantes reconhecem que a banda cover supera o próprio grupo em muitos aspectos!